O tempo presente será passado um dia, o passado será lembrado no presente e o futro se tornará passado que sera lembrado no presente!
Os Viciados em bolachões - Blog do Alê: Nostalgia em todos os termos - Anos 70, 80, 90 e Após


News
Loading...
Programas de TV - Músicas - Filmes - Séries - Desenhos - Novelas - Quadrinhos - Revistas - Brinquedos - Moda - Comercias - Brincadeiras - Eletrodomésticos - Veículos - Celebridades

Os Viciados em bolachões


Por: ALISON SANTOS

Século XXI: uma época em que o homem não vive mais sem tecnologia. Seja para falar ao telefone, para trabalhar ou fazer uma pesquisa. A todo momento são lançados novos produtos que buscam juntar a vida real ao mundo cibernético. No entanto, existem pessoas que prezam por manter certos hábitos. Uma jarra de suco em forma de abacaxi, um pinguim em cima da geladeira, e, por que não, um toca-discos grande e vermelho. Resgatando a cultura do século passado e mantendo vivo um hábito que, para as gerações atuais pode ser até desconhecido, os colecionadores de discos de vinil movimentam muitas cifras no mercado paulistano.

Eles são um público variado. Vão desde os cinquentões saudosistas até os mais jovens. Alguns vão atrás de discos de RAP e black music para usarem em suas pick-ups, já outros procuram por prensagens raras e limitadas, coloridas ou aquelas edições especiais que foram lançadas apenas no leste da Europa, por exemplo. E, para a sorte dos viciados nos bolachões, a Galeria Nova Barão, no centro de São Paulo, se tornou nos últimos anos o mais completo e diferenciado pólo de lojas de discos do país.

Um grande representante desse público é Dirleison de Mascarenhas, o Tuca, de 30 anos, proprietário da loja Tuca Discos. “O vinil sempre esteve ali, mas ele foi sufocado por outras mídias do mercado fonográfico. Surgiu a Fita K-7, o MD, o CD, o Video laser e agora o Blue Ray. Mas, mesmo que timidamente, o disco de vinil sempre esteve ali”, explica Tuca.

Jaspion e Ratos de Porão

Em sua loja, contando com tudo que está empacotado no estoque, nas caixas e nas prateleiras, ele tem quase 5.000 vinis. Quando tinha 13 anos ele ganhou seu primeiro disco, da banda Ratos de Porão. A partir de então sua coleção só aumentou, e hoje a Tuca Discos tem desde discos de punk rock, clássicos da black music e até mesmo temas de seriados japoneses da década de 1980, como Jaspion e Lion Man.

A Tuca Discos tem dois vinis muito raros (e caros). Um deles é o disco compacto da banda Lixomania, que custa R$ 300, e o outro é a gravação do show ‘Começo do Fim do Mundo’, que foi o primeiro festival punk brasileiro e custa a bagatela de R$ 350. “Algumas pessoas não entendem o alto valor desse disco, pois ele é extremamente precário e ruim por ter sido em gravado em apenas dois canais”, explica Tuca.

No mesmo andar está a loja The Records, cujos proprietários Alexandre “Kalota” Fanucchi, de 37 anos, Mateus Mondini, de 28 anos, e Giuliano “Alemão” Belloni, de 35 anos, têm essa paixão desde a adolescência. Inaugurada há um ano, a The Records tem mais de 600 discos à venda. Kalota, colecionador desde 1987, quando ainda tinha 13 anos, afirma que a quantidade de cópias prensadas e o ano de lançamento são dois dos principais atributos para o disco se tornar raro – e, por sua vez, ser cobiçado pelos colecionadores.

Na década de 1980, até mesmo para as pessoas da classe alta, era muito difícil conseguir bons discos, que dirão os de classe baixa. Hoje com apenas um clique é possível comprar tudo o que se quer. “O que é mais difícil você sempre dá mais valor. Antigamente nós até deixávamos de comer para comprar os discos. Não existiam lojas especializadas como a nossa. Daí se um cara pegava o disco que todos queriam, você tinha que ficar um ou dois anos chupando o dedo esperando aparecer outra cópia”, ressalta Kalota.

Visite a Fonte é muito legal clique aqui!

Amanhã o presente será passado! Alessandro Turci


1970 - 1971 - 1972 - 1973 - 1974 - 1975 - 1976 - 1977 - 1978 - 1979 - 1980 - 1981 - 1982 - 1983 - 1984 - 1985 - 1986 - 1987 - 1988 - 1989 - 1990 - 1991 - 1992 - 1993 - 1994 - 1995 - 1996 - 1997 - 1998 - 1999 - 2000 - 2001 - 2002 - 2003 - 2004 - 2005 - 2006 - 2007 - 2008 - 2009 - 2010 - 2011 - 2012 - 2013 - 2014 - 2015 - 2016 - 2017 - 2018 - 2019 - 2020 - 2021 - 2022 - 2023 - 2024 - 2025 - 2026 - 2027 - 2028 - 2029

Ao utilizar ou acessar o site, você concorda com o uso de Cookies do Blog do Alê Os cookies são usados para fazer com que os sites funcionem da forma mais eficaz; nós usamos cookies para melhorar a sua experiência ao visitar nosso site leia nossa Política de Cookies.
http://www.blogdoale.website