O tempo presente será passado um dia, o passado será lembrado no presente e o futro se tornará passado que sera lembrado no presente!
Palhaço Bozo anos 80 e 90 - Blog do Alê: Nostalgia em todos os termos - Anos 70, 80, 90 e Após


News
Loading...
Programas de TV - Músicas - Filmes - Séries - Desenhos - Novelas - Quadrinhos - Revistas - Brinquedos - Moda - Comercias - Brincadeiras - Eletrodomésticos - Veículos - Celebridades

Palhaço Bozo anos 80 e 90


Em 1946, Alan W. Livingston produziu uma coletânea de discos com histórias infantis e livros ilustrativos com o personagem 'Bozo The Clown'. O dublador original do Pateta, Vance Colvig, foi quem criou a voz do Bozo para as gravações.

Bozo começa sua carreira na televisão em 1949. Larry Harmon, que era um ator empreendedor, juntamente com investidores, comprou os direitos do personagem e o transformou em uma franquia, dando a ele uma outra personalidade. Junto com estilistas de Hollywood, criou o cabelo espetado para Bozo.

Bozo fez muito sucesso na televisão americana. Larry Harmon chegou a treinar mais de 200 atores para interpretar o personagem, em diferentes canais locais que exibiam Bozo nos EUA. Um desses atores nos Estados Unidos foi Bob Bell de Chicago, que personificou o Bozo por 25 anos, cuja versão é satirizada no desenho animado 'Os Simpsons', através do palhaço Krusty.


O Bozo interpretado por Willard Scott fazia merchandising para a lanchonete McDonald's, que, mais tarde, criou sua própria personagem, denominada Ronald McDonald. Willard Scott (que era o Bozo) passou a interpretá-lo. Nos Estados Unidos, Bozo recebeu o título de "Embaixador Mundial da Boa Vontade", concedido pela Unicef e viaja pelo mundo inteiro.

Alan Livingston morreu em 14 de março de 2009 aos 91 anos. Na semana de sua morte, o SBT prestou-lhe uma homenagem no programa Olha Você com Claudete Troiano, em que o ator André Luiz Sucesso interpretou o Bozo mais uma vez numa participação especial na emissora. André antes tinha também vivido a personagem no Domingo Legal em 2007 e depois faria outra participação como Bozo no Especial 30 anos do SBT no programa de Christina Rocha. Em julho de 2008, Larry Harmon morreu aos 83 anos.

O programa do palhaço Bozo (conhecido por seu nome completo Bozo Bozoca Nariz de Pipoca) chegou a ser produzido em mais de 240 estações de televisão em 40 países, entre eles, o Brasil, tornando-se muito popular, foi exibido entre 15 de Setembro de 1980 e 2 de Março de 1991. O comediante Wandeko Pipoka foi escolhido por Larry Harmon, o dono da franquia, para ser o primeiro Bozo brasileiro.

A versão brasileira foi iniciativa de Silvio Santos, que havia, até então, inaugurado a TV Studios (TVS), canal 11 do Rio de Janeiro, atual SBT Rio. O programa do Bozo foi retransmitido em São Paulo pela TV Record (na época, Sílvio Santos era dono das duas emissoras, sendo que a Record ainda não era uma rede e sim, uma retransmissora do SBT).



O programa se tornou um dos maiores clássicos infantis da televisão brasileira e durou mais de uma década no ar. Estreou no dia 15 de setembro de 1980 e sua última transmissão ocorreu em 2 de Março de 1991. O programa era gravado em São Paulo, no antigo estúdio do SBT, localizado na Rua Dona Santa Veloso, 575, na Vila Guilherme.

Com o sucesso do personagem, vários atores locais representaram o Bozo ao mesmo tempo no TVS/RS (atual SBT SP), TVS RJ (atual SBT Rio), TV Alterosa e TV Itapoan (atual RecordTV Itapoan): Luís Ricardo, Paulo Seyssel o Pula Pula e Décio Roberto, Charles Myara e Nani Souza, Edílson Oliveira e Luiz Leandro, Jonas Santos e Evandro Antunes, e também Cau Alves na Bahia foram contratados para o papel no programa que ia ao ar nas manhãs e tardes da emissora.

Personagens adicionais foram criadas no programa, como o Papai Papudo (Gibe), Vovó Mafalda (Valentino Guzzo), Kuki (Rony Cócegas), Salci Fufu (Pedro de Lara) e o gorila King Bozo.

Durante o programa, eram realizadas brincadeiras com o auditório, sorteios, além de encenações com os personagens do programa. O palhaço também lia cartas enviadas pelos telespectadores e cantava músicas dos seus discos. O programa foi muito popular entre o público infantil, chegando a ganhar o Troféu Imprensa entre os anos de 1981 e 1986.

Vários desenhos animados foram exibidos no programa, entre eles Pica-pau, Popeye, Looney Tunes, Papa-Léguas, e o tokusatsu Spectreman.

O programa contava ainda com as vozes dos fantoches Maroca (Leda Figueiró), Candinha (Zaira Zordan), Zico (Fábio Vilalonga), Zecão (Lúcio Esper) e outros.

Sua última exibição foi em 2 de março de 1991. O motivo foi a dificuldade para renovar os direitos da licença do programa Bozo junto à empresa de Larry Harmon, que cuida do licenciamento do personagem pelo mundo. Poucos meses após a retirada do Bozo, Décio Roberto morreu aos 33 anos de idade, em 2 de novembro daquele mesmo ano, vítima de broncopneumonia.

Com o final do programa, a Sessão Desenho, apresentada pela Vovó Mafalda, passou a ocupar o espaço na grade de programação.


Encerramento e créditos finais do programa Bozo, exibido pelo SBT em 1990, com a interpretação de Décio Roberto e as participações de Gibe (Papai Papudo) e Valentino Guzzo (Vovó Mafalda). A música tema do final do programa era a canção "Sempre Rir".

Amanhã o presente será passado! Alessandro Turci


1970 - 1971 - 1972 - 1973 - 1974 - 1975 - 1976 - 1977 - 1978 - 1979 - 1980 - 1981 - 1982 - 1983 - 1984 - 1985 - 1986 - 1987 - 1988 - 1989 - 1990 - 1991 - 1992 - 1993 - 1994 - 1995 - 1996 - 1997 - 1998 - 1999 - 2000 - 2001 - 2002 - 2003 - 2004 - 2005 - 2006 - 2007 - 2008 - 2009 - 2010 - 2011 - 2012 - 2013 - 2014 - 2015 - 2016 - 2017 - 2018 - 2019 - 2020 - 2021 - 2022 - 2023 - 2024 - 2025 - 2026 - 2027 - 2028 - 2029

Ao utilizar ou acessar o site, você concorda com o uso de Cookies do Blog do Alê Os cookies são usados para fazer com que os sites funcionem da forma mais eficaz; nós usamos cookies para melhorar a sua experiência ao visitar nosso site leia nossa Política de Cookies.
http://www.blogdoale.website